Dieta: os pensamentos determinam o seu sucesso
894
post-template-default,single,single-post,postid-894,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.1.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1,vc_responsive
 

Dieta: os pensamentos determinam o seu sucesso

Dieta: os pensamentos determinam o seu sucesso

“Preciso emagrecer, mas não consigo” pode ser uma frase repetida diariamente por você, mas nem de longe significa um fracasso em sua vida. No máximo pode indicar a necessidade de algumas mudanças, sobretudo de pensamentos.

Já ouviu falar em “pensamentos sabotadores”? Então, seu sucesso é resultado também de seus pensamentos. E se você continua pensando e se sabotando, dificilmente conseguirá reduzir medidas e peso na balança.

De acordo com a nutricionista Vivian Zilio, os pensamentos sabotadores atrapalham muito a evolução e o sucesso do emagrecimento, levando muitas pessoas que começaram dietas a desistirem na metade do caminho.

(-) Veja também: Detoxificação – o que é e como melhorar os seus resultados

 

 O que há de comum entre essas pessoas?

 

Talvez você não tenha notado alguma relação entre pensamentos sabotadores e pensamentos gordos. O fato que os portadores desses pensamentos não sabem pensar como uma pessoa magra.

A nutricionista aponta ainda que as pessoas que lutam para emagrecer têm uma programação mental que sabota seus esforços e, geralmente, pessoas assim consomem em torno de 200 a 300 calorias a mais diariamente.

A título de comparação, ela ainda indica que para emagrecer um quilo por mês é necessário reduzir 256 calorias ao dia; enquanto que para emagrecer dois quilos por mês, a necessidade é de algo em torno de 500 calorias.

Simples pensamentos que as impede de emagrecer de um a dois quilos a mais por mês , ainda que com potencial para isso.

 

 O que são pensamentos sabotadores? 

 

Os pensamentos sabotadores surgem do nada e nos apegamos a eles porque, no primeiro momento, fazem sentindo, mas depois que refletimos vemos que inventamos mais uma desculpa.

Aqui vão 13 pensamentos que devem ser excluídos do seu dia-a-dia. Quais deles te definem?

  1. “Se eu sair SÓ HOJE da dieta, não vai fazer mal”;
  2. “Já que eu comi metade do chocolate, dane-se, vou comer a outra metade”;
  3.  “Estou tão cansada(o)/desanimada(o)/estressada (o)/triste…”
  4.  “ É final de semana/feriado/férias… “
  5.  “O café da manhã do hotel… “
  6. “Se eu recusar a sobremesa ela(e) vai se magoar comigo… “
  7. “ Eles que serviram demais no meu prato, tive que comer… “
  8.  “Ah, mais eu gosto tanto… “
  9. “Emagrecer é tão difícil… “
  10. “Sei que não devia comer isto, mas não me importo… “
  11. “Nunca vou emagrecer… “
  12. “Não consigo resistir à esta comida… “
  13. “Fulano da minha família está doente, precisei sair da dieta…. “

Esses são só algumas das desculpas que arranjamos para nós mesmos para justificar comportamentos aos quais nos propomos a não fazer de acordo. O item dois, segundo estatísticas não oficiais, deve ser o campeão de assinaladas. O 11 também.

 

Como mudar?

 

Quem tem ao menos um desses pensamentos, procure controlá-lo sendo mais racional antes de comer.  Se tiver mais, uma ajuda profissional não pode ser descartada.

Alinhado a esse pensamento, a nutricionista Vivian Zilio conclui que para aliviar este problema e necessário contrariar os pensamentos sabotadores com respostas adaptativas.  E ainda cita um exemplo:

Ao invés de pensar “Estou com fome, isto é horrível, não posso tolerar, preciso comer”, substitua por: “Tudo bem, vou comer novamente dentro de poucas horas. Posso perfeitamente esperar”.

E assim seu corpo e mente estarão em unidade com você nesse processo de emagrecimento.

No Comments

Post A Comment